4 passos importantes para ajudar seu filho nos estudos

É comum que as crianças sintam dificuldade em estudar durante alguma fase de suas vidas e conseguir convencê-las de que estudar é bom ou fazer a lição de casa, muitas vezes parece ser uma missão impossível.

Por isso é fundamental que os pais participem da vida escolar dos filhos para garantir um bom desempenho da criança na escola.

Existem vários fatores que levam as crianças a não estudarem, como por exemplo, ela pode não ter entendido a matéria ou passa muito tempo só fazendo a atividade sem ter horário para brincar.

Por isso elencamos 4 passos importantes para ajudar seu filho nos estudos. Confira:

Mostre a importância dos estudos

Se interessar pelo que o filho aprende na escola, fazer perguntas sobre como foi o dia ou qual a novidade que ele aprendeu é uma forma para que a criança perceba o quanto os pais valorizam os estudos. Além de se sentir valorizado, a criança sente que os pais estão interessados em ajudá-lo.

Mostrar interesse dos pais pelos estudos faz com que a criança perceba que estudar não é só necessário para tirar boas notas nas provas e passar de ano. Conversar com as crianças sobre a importância dos estudos e fazer com que elas enxerguem os impactos que a educação causa no futuro é importantíssimo. No entanto, é preciso respeitar o grau de maturidade dos seus filhos nessa abordagem.  

Deixe claro que você pode ajudar

É comum que as crianças, em algum momento, peçam ajuda em um assunto que ela sente dificuldade. Mostre-se sempre disposto a ajuda-lo, nem que seja apenas a ler um texto. Mas é importante que você dê autonomia a ela e respeite seu espaço.

Caso você não domine o assunto que a criança tem dúvidas, seja sincero e diga que você não sabe a resposta, mas que irá pesquisar para, então, ajudá-lo.

Ajude-o a ser organizado

A organização é fundamental em qualquer âmbito, e nos estudos não é diferente. Ajude seu filho a fazer um planejamento de estudos, isso facilita muito a organizar os horários de suas atividades.

Usar uma lista de tarefas diária numa agenda ou calendário ajuda a criança a lembrar, por exemplo, qual o dia da prova, ou qual tarefa está programada para ser entregue no dia seguinte.

Ter um caderno do aluno onde a criança pode anotar as dúvidas ou as dicas que o professor dá também pode ajudá-la. Ela pode até consultar as respostas caderno do aluno quando sentir dificuldade em alguma atividade.

Nunca compare a criança

Fazer comparações com os irmãos ou colegas pode levar seu filho a entender que um é melhor que o outro em determinado assunto, além de poder incentivar a rivalidade entre os dois. Isso só desestimula a criança.