Como parcelar multas e reduzir juros dos impostos em RJ?

Você já deve saber que existem alguns impostos obrigatórios para nós, brasileiros, e portanto,o não cumprimento dos mesmo pode acabar gerando advertências. Além das advertências, a ausência desta quitação vai lhe proporcionar multas e juros pelo atraso do pagamento. Para quem mora no Rio de Janeiro, os impostos podem sair pouco mais caros e o cidadão vai acabar se envolvendo em uma bola de neve.

Mas você pode evitar esta situação! Confira a seguir como você pode parcelar multas e reduzir juros dos impostos no estado do Rio de Janeiro.

Impostos Obrigatórios

Os Impostos Obrigatório estão distribuídos em vários setores diferentes, seja no poder estadual ou nacional. Para os proprietários de veículos, algumas destas taxas são: o IPVA, o DPVAT e o Licenciamento do veículo.

O pagamento destas taxas deve ser realizado anualmente, garantindo que o seu veículo possa continuar circulando. O valor mais alto entre estes impostos é o do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores e este acaba pegando os motoristas de surpresa. Por tanto, os cariocas devem estar atentos ao IPVA RJ 2019 a fim de não perder prazos e valores.

Outra obrigação anual do cidadão brasileiro é o Imposto de Renda. Este deve ser declarado anualmente dentro do prazo estabelecido pela Receita Federal ou irá causar muita dor de cabeça.

Para os proprietários de imóveis, o imposto se chama IPTU e também deve ser cumprido todo ano para evitar multas e dor de cabeça para você.

Como parcelar multas

Cada imposto é gerido por um órgão diferente, por isso, para resolver suas pendências você deverá procurar a instituição responsável pela cobrança da taxa em questão.

Para os impostos de veículos, o carioca deverá acessar o site do Detran RJ, pois cada região terá seu próprio Departamento Estadual de Trânsito. No próprio sistema digital da instituição você irá fornecer seu RENAVAM e a placa do seu carro para verificar as suas pendências.

Depois é só escolher a forma de pagamento, parcelando a dívida em até três vezes. Por último, você deverá gerar o novo boleto de pagamento e quitar a dívida.

Para o IPTU, é necessário se dirigir à secretarias de financias ou acessar o site da prefeitura do Rio de Janeiro para emitir a segunda via de pagamento. Quanto ao Imposto de Renda, a divida deve ser tratada direto com a Receita Federal.

Como reduzir os juros

O atraso por cada imposto irá proporcionar o acréscimo de juros e ele irá depender do órgão em questão. Por exemplo, os juros do IPVA para o Rio de Janeiro é 0,5% para veículos destinados a locomoção.

Para conseguir a redução de juros com a Receita Federal, o Governo do Rio de Janeiro pode oferecer um prazo maior para que você quite a dívida. A forma mais simples de evitar a cobrança de valores extras é realizando os pagamentos dentro do prazo.