Saiba como funciona a transferência da multa de trânsito para outra pessoa

Se você emprestou o seu veículo para um amigo, familiar ou colega de trabalho e acabou recebendo uma multa em seu nome, saiba que é possível fazer a transferência da cobrança para o condutor. Este recurso é muito importante e deve ser usado quando o proprietário não tiver envolvimento com a infração cometida.

Muita gente ainda tem dúvidas quanto ao funcionamento deste recurso e por isso, vale a pena conferir o texto a seguir para saber como ocorre a transferência de multa de trânsito para outro condutor.

Multas de trânsito

Existem diversas leis que regem e garante o bom funcionamento do trânsito. Quando não cumpre com este regulamento, ou seja, quando comete uma infração, o motorista fica sujeito a cobrança de mutas.

As infrações são divididas em: leve, média, grave e gravíssima. E quando são registradas geram não só a cobrança de multas para o proprietário ou motorista, mas também pontos na carteira.

Não cumprir as leis de trânsito ou deixar de pagar os impostos obrigatórios para proprietários de veículos pode render um grande prejuízo. De acordo com os registros de multas de transito RJgrande parte das infrações é por estar com documentos vencidos.

Se não estiver classificado na isenção IPVAo motorista deverá cumprir com o valor anualmente. Sem a quitação do imposto, fica inviável realizar o Licenciamento do veículo e isto pode até levar à apreensão do mesmo.

Como funciona a transferência?

Provavelmente, você já precisou emprestar ou pegar emprestado o carro de alguém. Mesmo percorrendo certas distâncias, pode ser que ocorra a cobrança de alguma multa.

Se a pessoa não tiver culpa pelo ocorrido, ela pode solicitar a transferência de multa para a pessoa condutora que cometeu a infração. O mesmo acontece para que dirigia um veículo com documentos, como o IPVA, vencidos. Além de se rum dos impostos mais caros entre os estados, o IPVA RJ renderá uma multa alta, com acréscimo de juros diários.

O mesmo ocorre para os outros estados como o do IPVA PRmas vale lembrar que a cobrança da multa deverá ir para o proprietário do veículo e não para o motorista!

Como solicitar?

Este recurso permite a praticidade para resolver multas de trânsito. Além de passar a multa para outro condutor, você poderá transferir também os pontos na CNH.

Alguns estados, como São Paulo, permitem que você faça o requerimento de transferência pela internet. Caso o seu estado ainda não disponha da facilidade, basta você se dirigir a uma unidade do Detran junto ao motorista infrator e solicitar a mudança de responsável pela multa.